ARCO ELÉTRICO

Arco elétrico

Toda vez que ocorre a passagem de corrente elétrica pelo ar ou por outro meio isolante (óleo, por ex )está ocorrendo um arco elétrico, conforme nos mostra a figura abaixo.




O arco elétrico (ou arco voltaico) é uma ocorrência de curtíssima duração (menor que 1/2 segundos), e muitos são tão rápidos que o olho humano não chega a perceber.
Os arcos elétricos são extremamente quentes. Próximo ao "laser", eles são a mais intensa fonte de calor na terra. Sua temperatura pode alcançar 20000°C. Pessoas que estejam no raio de alguns metros de um arco podem sofrer severas queimaduras.
Os arcos elétricos são eventos de múltipla energia. Forte explosão e energia acústica acompanham a intensa energia térmica. Em determinadas situações, uma onda de pressão também pode se formar, sendo capaz de atingir quem estiver próximo ao local da ocorrência.



Consequências de arcos elétricos (queimaduras e quedas)

Se houver centelha ou arco, a temperatura deste é tão alta que destrói os tecidos do corpo.
Todo cuidado é pouco para evitar a abertura de arco através do operador. Também podem desprender-se partículas incandescentes que queimam ao atingir os olhos.
O arco pode ser causado por fatores relacionados a equipamentos, ao ambiente ou a pessoas. Podem ocorrer, por exemplo, quando trabalhadores movimentam-se de forma insegura ou manejam ferramentas, instrumentos ou materiais condutores próximos de instalações energizadas.
Outras causas podem estar relacionadas a equipamentos, e incluem falhas em partes condutoras que integram ou não os circuitos elétricos.
Causas relacionadas ao ambiente incluem a contaminação por sujeira ou água ou pela presença de insetos ou outros animais (gatos, ou ratos que provocam curtos-circuitos em barramentos de painéis ou subestações).
A quantidade de energia liberada durante um arco depende da corrente de curto-circuito e do tempo de atuação dos dispositivos de proteção contra sobrecorrentes. Altas correntes de curto-circuito e tempos longos de atuação dos dispositivos de proteção aumentam o risco de arco elétrico.
A severidade da lesão para as pessoas na área onde ocorre a falha depende da energia liberada pelo arco, da distância que separa as pessoas do local e do tipo de roupa que utilizam. As mais sérias queimaduras por arco voltaico envolvem a queima da roupa da vítima pelo calor do arco elétrico. Tempos relativamente longos (30 a 60 segundos, por exemplo) de queima contínua de uma roupa comum aumentam tanto o grau da queimadura quanto a área total atingida no corpo. Isso afeta diretamente a gravidade da lesão e a própria sobrevivência da vítima.
A proteção para evitar danos ocasionados pelo arco depende do cálculo da energia que pode ser liberada no caso de um curto-circuito. As vestimentas de proteção adequadas devem cobrir todas as áreas que possam estar expostas à ação das energias oriundas do arco elétrico.

Além dos riscos de exposição aos efeitos térmicos do arco elétrico, também está presente o risco de ferimentos e quedas, decorrentes das ondas de pressão que podem se formar pela expansão do ar.
Na ocorrência de um arco elétrico, uma onda de pressão pode empurrar e derrubar o trabalhador que está próximo da origem do acidente. Essa queda pode resultar em lesões mais graves se o trabalho estiver sendo realizado em uma altura superior a dois metros, o que pode ser muito comum em diverso tipos de instalações.


Proteção contra perigos resultantes de faltas por arco elétrico.

Os dispositivos e equipamentos que podem gerar arcos durante a sua operação devem ser selecionados e instalados de forma a garantir a segurança das pessoas que trabalham nas instalações.

Algumas medidas para garantir a proteção contra os perigos resultantes de faltas por arco:

>> Dispositivos de aberturas sob carga;
>> Chave de aterramento resistente ao curto-circuito presumido;
>> Sistemas de intertravamento;
>> fechaduras com chave não intercambiáveis.



° Corredores operacionais tão curtos, altos e largos quanto possível;
° Coberturas sólidas ou barreiras ao invés de coberturas ou telas;
° Equipamentos ensaiados para resistir aos arcos internos;
º Emprego de dispositivos limitadores de corrente;
° Seleção de tempos de interrupção muitos curtos, o que pode ser obtido através de relés instantâneos ou através de dispositivos sensíveis a pressão, luz ou calor, atuando em dispositivos de interrupção rápidos;

Devemos verificarmos sempre a necessidade de se empregar um projeto elétrico bem elaborado e do conjunto de informações necessárias para se obter um trabalho eficiente e com segurança e uma vida útil e longa ao sistema elétrico em geral e aos envolvidos (pessoas) que o usufruem diariamente. Um projeto elétrico tem seu valor principalmente quando beneficia qualidade, segurança e funcionalismo confiável, se obtendo assim total segurança das pessoas que tem seu valor incomparável.

Projeto elétrico é prudencia e atitude inteligente, faço o seu! 

VR PROJETOS ELÉTRICOS

Nenhum comentário:

Postar um comentário